Entrevista: Ingridy Andrade conta sobre sua carreira de modelo

By Hadassa Rodrigues - domingo, agosto 11, 2013

Brasileira, 20 anos, e modelo há seis, Ingridy Andrade conta ao Minimalista como foi descoberta pelo projeto Passarela. "Um dia saindo do curso de inglês, me entregaram um folheto do Projeto Passarela na cidade onde eu morava, eu peguei e joguei fora, pois até então eu fazia alguns trabalhos como modelo, mas nada sério, não queria modelar, achava que era coisa de adolescente que não sabe muito bem o que quer", contou ela quando teve o seu primeiro contato com o projeto. "Só que quando as coisas são pra acontecer não adianta fugir, depois de 3 meses o Projeto Passarela voltou à Maringá e novamente fui parada na rua e me entregaram o panfleto. Pensei novamente em não ir, mas resolvi tentar a oportunidade e seria a ultima vez que tentaria". 

Ingridy passou na etapa de Maringá e logo depois foi pra uma convenção em Foz no Iguaçu junto com outras modelos. "chegando lá, tinha um monte de meninas que na maioria eram iguais, loiras e altas. Eu era a única negra na minha categoria, passei em 14 agências", explicou. Não imaginando que seria aceita por alguma, o momento foi mais que radiante. Em menos de um mês e aos 14 anos de idade, Ingridy teve que decidir sair do conforto da casa dos pais, para morar em São Paulo, e depois disso  nunca mais voltou. Atualmente ela mora em Buenos Ares.
-Quais foram os seus trabalhos mais importantes?
Na Itália eu fiz um vídeo para uma estilista italiana chamada Stella Jean, que passou nas principais semanas de moda incluindo a Vogue ItalianaNo Brasil fiz alguns que significaram muito, como os comerciais do Banco do Brasil, Colorama e Pernambucanas. Quase todo ano faço coleção outono inverno da RennerRecentemente peguei a campanha da empresa Arcor Inde que filmei em Montevideu.

Sou apaixonada pela Chanelquando modelava em Milão tive a oportunidade de fazer uma prévia de um longa metragem que misturava a Stela Jeans com Coco Chanel, que se chamava "Depois de Coco", saiu nas principais semanas de moda da Europa inclusive na Vogue Italiana. Eu representava a beleza negra, uma loira Italiana e uma ruiva Holandesa misturou as belezas, ficou lindo, quando vi a a matéria da Chanel, voltei um pouco no tempo 


-Como foi participar do Desafio da Beleza no GNT?
No desafio da beleza também representei a beleza negra, fui a escolhida de Torquato pra fazer o tutorial sobre negras. Conheci ele no domingo e quando foi na segunda-feira a equipe do desafio descobriu minha agência e me chamou pra fazer o programa. Ele é um fofo, pena que eles não colocam tudo que acontece de fato por trás das câmeras. Particularmente não gosto de fotografia, prefiro a televisão, fiz algumas revistas, representei a beleza negra algumas vezes para Boa forma.

-Como você considera seu estilo?
Depende muito do meu humor, as vezes casual, outras mais sofisticado gosto de tudo perfeitinho, mais adoro uma camisa jeans pra sair. Não gosto de nada colorido, prefiro o bom preto básico.

-Tem alguma peça que você jurou que nunca ia usar, mas acabou se rendendo?

Sim, camisa camuflada, meu namorado escolheu eu não botei fé, depois gostei e vi que tinha estilo.



-Como você separa sua vida pessoal com a profissional?

Tenho tudo muito bem organizado, minha vida pessoal fica reservada, não costumo misturar as duas coisas, trabalho é trabalho. Acabou o que tenho que fazer eu vou pra o conforto da minha casa. Creio que quando as duas se mistura não da certo então melhor não envolver nenhuma com a outra.
-Qual a sua relação com a sua família? como você lida com a distância e a saudade.
Com a minha família é a melhor. Claro que nenhuma família é perfeita mais tenho os melhores pais do mundo se sacrificaram muito pra mim realizar meu sonho. O meu amor por eles é inexplicável, minha família é tudo. Já a distância no começo foi difícil, minha mãe chorava de saudades mais tinha que ser forte e aguentar. Quando se mora fora do Brasil é mais difícil. Hoje em dia sei lidar com essa saudade.

-Uma mulher que você considera ter atitude?
Mariana Ximenes ela tem muita atitude e ao mesmo tempo tem algo meigo. Difícil julgar alguém de ter ou não ter. 
-Quais os cuidados principais cuidados que você tem com seus cabelos e a pele?
Os meus cabelos é minha maior paixão, nele uso os melhores produtos sempre, demorou um pouco mais achei um que se adaptou com ele uso Kestase, hidrato ele uma vez na semana. Na pele, procuro a cada duas semanas fazer uma esfoliação e uso diariamente um hidratante para o rosto, Effaclar Duor. Procuro sempre não dormir com maquiagem também.

-Qual o seu limite?
Sou bem paciente, mais meu limite é quando já não estou bem comigo mesma, penso primeiramente em mim e se me faz bem continuo. Sou curiosa e adoro arriscar, mais com limite se não me faz mau eu vou.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários